sábado, 31 de dezembro de 2016

Uma Homenagem a George Michael

Muita gente morreu esse ano. Muita gente morreu no mês de dezembro. Muita gente morreu nas últimas duas semanas. Dessas mortes, provavelmente a que menos me afetou foi a do George Michael.
Quer dizer, foi triste e tudo. Ele parecia ser um cara legal, parece que fazia várias doações e que deu direitos autorais de músicas para instituições de caridade. E ninguém merece encontrar alguém que ama morto na véspera de natal. Mas eu não ouvia a música dele, e a única música que eu sabia que era dele e que apreciava, na forma intensa com a qual se aprecia um bom meme, era Careless Whisper. Obrigada, Deadpool.

É justamente pela distância que, nesse post, George Michael será o representante de todas as outras mortes de 2016. Quando é uma pessoa desconhecida, é mais fácil pensar na falta que ele vai fazer, nas coisas que ele não vai concluir, em tudo o que ficou para trás. É mais fácil desprender e ficar triste e seguir em frente, e te dá esperança de conseguir superar as mortes mais próximas.

então, George Michael. essa é para você, e para a sua vida, e para todas as pessoas que você tocou ao longo dela. eu não sei se tem alguma coisa além disso e eu não sei se as coisas acontecem por algum motivo, mas é muito reconfortante imaginar que sim.

Deixo aqui a versão do diretor de Sexy Sax Man Careless Whisper Prank feat. Sergio Flores.


ei, feliz ano novo.
 
(ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧

Nenhum comentário:

Postar um comentário