domingo, 24 de setembro de 2017

Leituras de Agosto

Eu não li muito nas férias. Minha amiga me emprestou o primeiro livro de uma trilogia ainda em junho, e eu só peguei para ler de verdade na véspera da volta às aulas, um pouco desinteressada. Tudo aconteceu a partir disso.
Li a trilogia inteira na primeira semana de agosto, e caramba, que sentimento bom. Fiquei animada para ler mais, e amigas dizendo que tinham lido 9 e 15 livros nas férias me motivou mais.
Agosto terminou depois de seis semanas e 47 dias inteirinhos. E eu li 15 livros. Cá estão eles.

1° - Corte de Espinhos e Rosas
2° - Corte de Névoa e Fúria
3° - Corte de Asas e Ruína



A trilogia que minha amiga me emprestou. O primeiro livro é um YA como qualquer outro, e o segundo é uma bola de ferro em todas as problemáticas que o primeiro parecia ter aceitado. Absolutamente maravilhoso. Fadas! Plot twists para todos os lados! Verossimilhança! Feminismo! Relacionamentos funcionais e baseados em amor e respeito! Eles são a única coisa que a autora e a protagonistas admitem, e isso é lindo.
(Um pouco explícito. O verso do segundo livro diz que é recomendado para maiores de 16 anos, e eu concordo. fica o aviso)
Atual fundo de tela de bloqueio do meu celular. Colocaria a imagem aqui, mas seria spoiler.
Coloquei a capa da versão americana do terceiro porque foi a que eu li, mas daqui a pouco vai lançar a versão traduzida.

4° - Six of Crows

Metáforas de corvos, um grupo de pessoas forçadas a se unir que torna-se uma família, ilegalidade, poderes especiais, sofrimento, caSAIS, um cara que tem absolutamente todas as características dos meus personagens preferidos menos a sentença de morte! É, não tinha como eu não gostar desse livro. É uma duologia e ainda não li o segundo, mas Vai Acontecer.

5° - Simon VS A Agenda Homo Sapiens


Reli porque não lembrava muito bem e queria estar preparada para a adaptação cinematográfica ano que vem. É a história de um menino gay que ainda está no armário e começa a ser chantageado por um colega de sala que vê os e-mails que ele troca anonimamente com outro garoto da escola. É um bom livro.

6° - A Traidora do Trono

ESSA SÉRIE É TÃO BOA! Já falei sobre o primeiro livro nesse post aqui, um ano atrás. Os dois são maravilhosos. Eu li o final na faculdade e queria gritar em tantos momentos e não podia por causa de convenções sociais. Foi dolorido.
Insurgência política no deserto e djinns. Por favor, leiam.

7° - Lembrança

Eu li a série da Mediadora com uns 11-12 anos, então fiquei muito animada quando esse livro lançou. Foi divertido, mas também me fez perceber que não tenho mais os mesmos gostos de quando tinha 12 anos. O que não significa que eu não recomende a série!

8° - Agência de investigações holísticas Dirk Gently


Eu vi a série e adorei, então senti que era minha obrigação ler o livro. Descobri que a única coisa em comum com a série é o personagem detetive chamado Dirk Gently, mas tudo bem. O livro, com sua própria história louca, é muito bom sem fazer a série ser ruim.

9° - A fúria e a aurora

A história das mil e uma noites focando mais em Sherazade e seu relacionamento com o rei que matava uma esposa por noite do que nas histórias. Muito bom. Eu estou sempre pronta para ler e amar histórias baseadas em lendas árabes e passadas em desertos, não sei se deu pra notar.

10° - Matilda

Um clássico! E agora eu sei porquê! Matilda é a maior leitora que você respeita, aos 6 anos ela já leu mais cânone literário do que eu.

11° - Captive Prince


Certo. Então. Eu via muitas coisas sobre essa série na internet, e decidi que queria saber do que se tratava.
O livro não é nada do que eu esperava baseado no que eu tinha visto.
Primeiro, é muito pesado. Tem escravidão, e boa parte da história acontece em um país muito sexualmente permissivo - e não da forma mais funcional ou fácil de imaginar e lidar. É um livro cruel. Foi uma leitura rápida, mas não fácil. Eu decidi ler os outros dois da trilogia só para saber como a autora ia tentar me fazer torcer e até aceitar aquele que eu sabia ser o casal principal depois de tudo aquilo.
(Ela conseguiu, o que não torna esse primeiro livro mais tragável, mas me faz recomendar que vocês leiam se tiverem maturidade para lidar com o que ele contém)
Eu li a série toda em inglês, mas o primeiro acabou de ser publicado em português com essa capa muito engraçada que não tem nada a ver com os acontecimentos desse livro.

12° - Queens of Geek

Eu li esse em inglês e acho que não tem tradução. É a história de três amigos em uma convenção nerd, e eu quis ler porque é sobre O Meu Povo. Tem toda a representatividade que você pode querer, e é super atual. Várias referências. Bem divertido.
 
13° - A Profecia das Sombras

O segundo da série das Provações de Apolo do Rick Riordan. Eu não sei porque ainda leio as coisas do Rick Riordan. Mas! Esse termina com o retorno de um personagem que foi negligenciado por muitos livros, e eu estou contente e de fato animada para o próximo, então taí uma boa mudança.

14° - O menino que desenhava monstros


Terror não é muito meu estilo de leitura, mas esse livro me interessou na primeira vez que o vi. É legal, mas serviu para eu ter certeza de que terror não é meu estilo. Foi como ler um filme.

15° - A rosa e a adaga


O segundo de A fúria e a aurora. Eu teria lido assim que terminei o primeiro, mas não estava conseguindo achar o livro. E tchraaam, é uma duologia! Esse é o último e tão legal quanto o primeiro.

Não sei se ficou claro, mas parte do objetivo das leituras era evitar tudo o que fosse séc XIX cânone literário estudado pelas academias. Foi uma experiência maravilhosa que recomendo.
(o post das leituras de setembro também está sendo elaborado, mas será mais comedido em matéria de quantidade de livros. acho. não garanto nada)

(ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧

Nenhum comentário:

Postar um comentário