sexta-feira, 31 de março de 2017

três séries Netflix Original que não recebem tanta atenção quanto deveriam

Colocadas na ordem em que eu as vi, e por coincidência também por tamanho

-River



Okokok, então vamos ser honestos. A Netflix faz séries baseando-se no que sabe que as pessoas gostam, e River é exatamente a série gerada por esse tipo de estatística. Dá pra saber só pela capa. Eles têm outra que é bem no mesmo estilo, Marcella, mas eu vi dois episódios de Marcella e parei. Agora vamos falar de River, que eu vi em três dias com meus pais,que me fez chorar pacas e que depois recomendei para todos os meus amigos - os dois que de fato assistiram não se decepcionaram.
Só para começar, o protagonista de River é o Stellan Skarsgard. Pronto. Já está convencido? (eu adoro o Stellan Skargard, e não é só porque ele se reproduziu combinando genes com muito sucesso)

exemplo de combinação de genes bem sucedida

Para continuar, é policial. Quem não gosta de uma boa série sobre desvendar crimes?
...eu não posso dizer muito mais sem dar spoiler. Mas digamos que o River é meio emocional e mentalmente instável, e que isso mais o ajuda do que atrapalha nos casos.
Lançou em 2015 e tem só uma temporada de 6 episódios. É uma experiência rápida e devastadora.
Ah, e depois de ver você vai chorar toda vez que ouvir essa música: 



-Dirk Gently's Holistic Detective Agency


Dirk Gently também tem um detetive como protagonista, mas ele é bem diferente de... bem, qualquer um. A primeira coisa que você precisa saber é que a série é baseada em livros do mesmo autor de O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams. Se você é familiarizado com a obra dele, já sabe mais ou menos o que esperar. Se você não conhece, eu te digo o que esperar: insanidade.

Certo, talvez insanidade seja um exagero, mas caótico com certeza é um adjetivo que funciona. As situações e os personagens trafegam no campo do absurdo, o humor é recorrente e inesperado e ótimo e a história gira em torno de conceitos científicos dos quais o autor se apropria e manipula para que se adequem às suas necessidades. Tem violência também. Vários sangues. Mas isso é mais um aviso do que uma advertência ou uma virtude.

Não tem graça entregar a trama, então digamos que Dirk Gently é um investigador peculiar, e que Frod-cof, Todd é uma pessoa normal arrastada para o meio de uma investigação peculiar.
Obs: Dirk Gently é profundamente precioso, Farah Black é maravilhosa e OSRIC CHAU FAZ PARTE DO ELENCO
É bem recente, do final do ano passado, então por enquanto só tem uma temporada de 8 episódios. Mas vai ter mais. Mais.

-Lovesick

curiosidade: o protagonista é o cara da esquerda, não o do meio

Eu comecei e terminei essa série semana passada. Agora estou pacientemente aguardando pela terceira temporada, que já foi confirmada, mas que deve lançar só em 2018, considerando que a anterior saiu ano passado.
Convoco a descrição oficial para introduzir a trama: "Na sua busca por amor, Dylan encontrou clamídia". O protagonista, Dylan, é uma pessoa amorzinho que só quer ser feliz para sempre, mas que é diagnosticado com clamídia antes do fim do suposto conto de fadas. O procedimento no caso de diagnóstico de doença venérea - se você é decente - é ligar e avisar seus parceiros prévios. E é isso que ele faz, e os espectadores acompanham simultaneamente histórias do seu passado e seu desenvolvimento no presente.
Também é importante dizer que Dylan tem dois melhores amigos que são co-protagonistas - Luke e Evie. Aparecem outros personagens recorrentes, mas esses não vejo necessidade de introduzir.

É engraçada e bonitinha e divertida. A trilha sonora é boa. Eu quero mais.

Netflix produz muitas coisas boas. Também produz coisas ruins (cof SHADOWHUNTERS cof), mas não precisamos falar delas.

(ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧

Nenhum comentário:

Postar um comentário